"Das águas da represa de Furnas, pelas águas do Sapucaí e Lourenço Velho para as águas do Rio Paraíba"

Em dezembro de 2002, os romeiros Rodrigo CostClique para Ampliara e Maurício Batista combinaram em fazer o percurso de Alfenas-MG ao Clique para Ampliarsantuário Nacional de Nossa Senhora da Conceição Aparecida, Aparecida-SP para janeiro de 2003 de bicicleta, pegaram um mapa traçado pelo romeiro Eduardinho Abobrinha que ja tinha feito um trajeto por asfalto e estradas de terra e novamente iria com Dunga e Vardemá. Maurício e Rodrigo sairam no dia 06 de fevereiro de 2003 e percorreram em 2 dias o trajeto por asfalto e estradas de terra, eles não sabiam mas ali estava nascendo o CAMINHO DE APARECIDA.

A cada ano crescia a quantidade de pessoas interessadas em percorrer o trajeto até a casa da Mãe Aparecida. Nos anos que choveram fizeram o percurso inteiro por asfalto.

Clique para AmpliarClique para AmpliarClique para Ampliar

A partir de 2007 começaram a perceber a dificuldade em pedalar em rodovias próximo ao trânsito pesado devido ao aumento de significativo peregrinos, dai então começaram a elaborar uma rota com apenas estradas de terra e trilhas, pegando asfalto ou calçamento apenas nas cidade por onde passaria o novo caminho.

Crescia também a quantidade de pessoas e grupos de romaria para Aparecida, de bike, a pé e à cavalo, porém cada grupo seguia por um caminho diferente, novamente reforçava o ideal de juntar todos em apenas uma rota.

Clique para Ampliar

Na cidade de Paraguaçu-MG, Alain já tinha uma grupo de amigos que fazia o percurso de bike todos os anos, Alian deu um grande contribuição, apoio e sugestões a respeito do caminho foram muitos anos de pesquisa.

Em agosto de 2010 os romeiros, Paulo Bala, Eduardinho e Rodriguinho fizeram um percurso á pé coletando informações em cidades do Sul de Minas procurando uma rota por terra a fim de adiciona-la no novo caminho, diminuindo as partes de asfalto.

Clique para Ampliar  Clique para Ampliar

Em Carvalhópolis-MG, tiveram ajuda e informações com senhor Wilson, peregrino que ja fez o percurso 49 vezes e seu filho Vagner da cidade de Alfenas-MG, em Careaçu-MG com o senhor Raul, e em Itajubá-MG com os moto trilheiros Eduardo e Antônio.

Em janeiro de 2011 com 32 romeiros de bicileta venceram a 9ª Romaria de Moutain Bike, seria a última vez que fariam o caminho por asfalto .

Clique para Ampliar

Em fevereiro de 2011 juntamente com os amigos, parceiros, empresário, motoqueiros, cavaleiros, romeiros, Sargento Marcelo, Adolvane, Paulo Bala, Jipeiros Tarcísio e Adriano e mecânico de bicicletas Timóteo começaram a sinalizar e fazer marcações com símbolos em estradas de terra e trilhas do sul de Minas, Serra da Mantiqueira e Vale do Paraíba, totalizando a extensão de 300 km.

 

Em fevereiro de 2011 cadastraram hotéis, pousadas, restaurante e comunidades, comunicaram paróquias e Prefeituras das cidades do caminho.

Em março de 2011 iniciaram contato com o Santuário de Aparecida para retirada do certificado de conclusão, e criação da Associação dos Peregrinos do Caminho de Aparecida.

A rota tem centenas de plaquinhas metálicas símbolo seta/peixe que direciona o peregrino, que ao sair recebe a credencial, finalizando o caminho o peregrino retira o certificado de conclusão no santuário da Basílica, o caminho é totalmente baseado no caminho milenar de Santiago de Compostela.

O caminho de Aparecida é uma rota incrível que proporciona momentos de reflexão, fé e recolhimento, de aproximação do homem com a natureza, um caminho que nos fortalece para vencer-mos as dificuldades da vida, deixando aflorar em cada um o seu espírito de superação .

O tema para reflexão do caminho será o tema da campanha da fraternidade do ano da peregrinação.


CONHEÇA NOSSOS PARCEIROS  

 
Altimetria
Galeria de Fotos
Livro de Visitas
Foto da Face de Cristo
Preparação Física
Fale Conosco

   © - 2017 www.caminhodeaparecida.com.br - Todos Direitos Reservados

AdaptWeb - Sites e Sistemas Web